#Dicas

Qual o momento certo de comprar um imóvel?

 02/08/2017

Todos os dias nos deparamos com artigos de especialistas na mídia em geral, sobre o momento adequado para compra de imóveis. Mas quando é o momento ideal para fazer esta escolha?

O conteúdo desses artigos é pautado essencialmente em questões relativas à aquisição do imóvel como investimento, pois avalia se o valor está alto, seu potencial de valorização, expectativas de subida ou queda dos preços, liquidez e outros fatores característicos do mercado financeiro. Afinal, o foco é normalmente de um especialista financeiro.

Mas será essa a única vocação de um imóvel para ser avaliado apenas sobre esse aspecto?

Patrimônio ou investimento

O imóvel é percebido como um investimento seguro, pois além de existir um bem como garantia, sua vida útil e prazo de avaliação são longos, o que proporciona uma boa proteção das oscilações de mercado e das épocas de crise.

Devemos lembrar que um imóvel não é construído com o objetivo de ser um investimento. Essa é apenas uma derivação do seu potencial devido ao seu uso final ser tão nobre e importante: ser o lar de uma família.

Por isso, o cidadão, casal ou família que buscam um lar, seja para formar e criar sua família com segurança e qualidade de vida ou para momentos de lazer, como um imóvel de praia, antes de avaliar como um negócio financeiro deve avaliá-lo como bem durável que é.

Aspectos como espaços internos, disposição dos cômodos, acabamentos, localização, infraestrutura e principalmente aquele sentimento de identificação e paixão pelo imóvel devem ser avaliados e priorizados, frente a qualquer fator de investimento.

Afinal, vale a pena morar por vários anos em um lugar que não lhe agrada tanto apenas para ter (talvez) , um rendimento superior a algum índice de mercado, mas que para esse seja efetivado, seja necessário desfazer-se dele?

O benefício do imóvel ESTÁ NO SEU USO, e não somente no negócio financeiro que ele pode representar quando da sua venda.

Questões como valor justo, condições de pagamento e taxas devem sim ser avaliadas, mas somente após ter encontrado o imóvel ideal para você e sua família, e não como únicos parâmetros para decisão na aquisição.

Mais vale pagar uma parcela até eventualmente um pouco maior, mas estar feliz e satisfeito com seu imóvel, do que uma parcela menor porém insatisfeito ou arrependido com a escolha. Neste caso, ela parecerá sempre cara demais.

Não devemos permitir que a busca sem fim pelo momento ideal de comprar o imóvel comprometa a qualidade de vida. Quem nunca deixou de fazer uma pequena reforma, melhoria ou decoração mais caprichada no imóvel porque era alugado e pensou que não valeria a pena gastar dinheiro com algo que não é seu?

Será que a satisfação em ter a casa do jeito que você quer e merece, bem como a sua família satisfeita, valem menos que algum percentual que talvez possa ganhar no futuro?
Um imóvel só é um bom investimento se for um bom lugar para morar. E, o mais importante: trate-o como sendo o lar de sua família, antes de ser um negócio para outra pessoa.

E qual o momento certo para comprar um imóvel?

O momento certo para comprar seu imóvel é você quem decide. E pode ser agora.

Quero um imóvel assim: